Détail du document
Langue: Portuguese
 

As perspectivas da logística para 2016
 

Société:

Generix Group


Tracking das encomendas, a nova prioridade das empresas de comércio online
Apesar de não receberem os produtos de forma instantânea, os consumidores desejam rapidez de informação e monitorização das suas encomendas. Prova disso, um estudo realizado o ano passado pela MetaPack indicou que 83% dos consumidores tendem a verificar o estado das suas encomendas, pelo menos duas vezes entre a compra e a receção. Atualmente, os líderes do comércio online são (quase) os únicos com capacidade de satisfazer esta necessidade, através do acompanhamento sistemático da mercadoria, diretamente a partir do website. Torna-se urgente, para as empresas que não pertencem a esta elite e que ainda reencaminham os seus clientes para o site da sua transportadora, fornecer aos clientes ferramentas que permitam monitorizar o percurso dos bens encomendados. Como? Sincronizando os dados do local onde são preparadas as encomendas com as transportadoras.

Acreditamos que esta visibilidade total do comércio online se irá transformar rapidamente num serviço standard fornecido pelas empresas de e-commerce, incluindo as de menor dimensão. Este serviço será implementado com maior regularidade porque o custo da tecnologia necessária foi democratizado e as expetativas dos clientes aumentaram.

No contexto atual de guerra de preços, não incluir este serviço significa perder clientes para a concorrência.

A Uber Rush e Amazon Flex irão desapontar?
Tudo indica que sim, mas não a qualquer custo.

Desde outubro de 2015, a Uber (empresa internacional de rede de transporte colaborativa através de uma aplicação móvel) chamou a atenção do setor das entregas com a criação da marca “Rush” e demonstrou vontade de competir com gigantes como a FedEx e DHL. A Uber Rush é uma aplicação que solicita um estafeta para realizar um serviço de entrega e que permite acompanhar o percurso do fornecedor através do software.

Por outro lado, a Amazon, gigante do comércio online, tenta assumir o controlo da sua distribuição desde setembro de 2015, oferecendo entregas ao domicílio numa hora, com um serviço no qual os estafetas independentes podem entregar as encomendas realizadas na Amazon Prime Now, a troco de uma compensação financeira.

A operação é simples: subcontratar o serviço Lasr Mile a trabalhadores a tempo parcial.

Para os consumidores que consideram a qualidade de serviço um valor inquestionável, estas aplicações podem suscitar as seguintes questões: “Se os próprios profissionais do setor nem sempre são exemplares no seu trabalho, devemos esperar que os estafetas amadores subcontratados nos proporcionem uma qualidade de serviço idêntica? Como garantir a segurança da mercadoria?”

Mas, enquanto surgem estas questões, o modelo de economia colaborativa vai fornecendo ao setor mais ideias criativas para desenvolver novos serviços de logística com de valor acrescentado para o cliente e a preços acessíveis.

 



lire le Document complet >>
(lien externe)
  
 
 
Consulter Generix Group Documents en:
 English  French  Spanish

 

Autres Documents de
Generix Group
en Portuguese
: